Dress Code Profissional: ainda é importante seguir?

5 de setembro de 2018Alexandre de Marcos Ramos

O que você pensa sobre dress code profissional? Faz sentido? É ultrapassado? Tanto faz? Escritório é lugar para experimentar modas ou nada é mais inadequado do que, por exemplo, usar óculos de grau de armação de madeira em vez de um modelo leve, fino e discreto?

Esse é um assunto ainda sem perspectiva de veredicto. Algumas empresas não se importam com código de vestimenta de seus colaboradores enquanto outras não podem abrir mão do tradicional terno e gravata, principalmente porque os símbolos e os significados contidos são ainda maiores.

Seja como for, qualquer imagem – feia ou bonita – comunica deliberadamente muita, mas muita coisa.

A verdade é que, não importa o quanto o mundo mude, algumas impressões são como sentenças mortais. Quer ver?

Se você um dia passar por uma situação judicial muitíssimo complicada e precisar irrevogavelmente contratar um advogado, você vai levar em consideração se na primeira reunião ele estiver vestindo moletom – ainda que um modelo descolado – jeans e tênis.

A não ser que esse advogado tenha sido indicado com todas as garantias possíveis por alguém em quem confia, é difícil que você pondere a postura desse profissional por aquilo que ele deveria estar vestindo.

A questão é que a aparência chega a ser um ponto estratégico de relacionamento que liga o cliente à empresa. Por isso a imagem do profissional pode vir a compor o leque de atributos que contam na avaliação dessa organização.

Nem todas as empresas têm esse intuito, vale dizer. Contudo, queremos deixar a reflexão: será que os profissionais não deveriam cuidar de sua imagem até para agregar mais vantagens às suas próprias carreiras? O tal do marketing pessoal.

Vale também explicar que o dress code profissional pode ser tanto obrigatório como apenas preferencial. Logo, uma empresa pode, sim, proibir o uso de determinadas peças assim como pode somente recomendar que não se use uma ou outra. As razões podem ser tanto de saúde como de segurança ou mesmo a que apontamos: competição.

Agora, se a imagem do profissional conta como diferencial de competição, será que temos aí uma questão ética?

É válido pedir que um funcionário que já faz parte do quadro de colaboradores invista dinheiro em roupas e acessórios adequados? Outra questão: é justo que um bom profissional não seja contratado apenas porque sua imagem não é lá bem refinada?

Não estamos falando, naturalmente, de exigências descabidas. Sequer de violência verbal na hora de tocar no assunto. Nossa pergunta central está mais para: quanto vale o profissional que além de qualificado possui uma boa imagem?

Profissionais do estilo acreditam que o guarda-roupa profissional deve ser formado independentemente da empresa. O que significa que as roupas devem seguir determinado padrão: as cores são neutras, as peças, clássicas; nada de decotes e tamanhos inapropriados. Onde o bom-senso deve reinar, modas não são bem-vindas. Ou não todas as modas.

O que você deve levar em consideração quando entrar numa empresa é que você será avaliado por três principais categorias, que concernem à imagem. São elas: aparência, comunicação e comportamento.

Como nosso foco é aparência, indicamos acessórios que ajudam na boa composição de uma imagem: um bom relógio, que não precisa ser o mais caro; uma boa caneta, principalmente se você participa constantemente de reuniões; gravatas com padronagens sóbrias, se você precisa usar terno; e, sem dúvida, bons sapatos. Sapatos são importantíssimos!

Qual é o lugar dos óculos de grau e dos óculos de sol?

Como cada empresa possui seu dress code, indicamos o bom senso. E muitas vezes esse bom senso atende pelo nome: clássicos.

Porque são atemporais, óculos de grau clássicos não perdem seu lugar. Para homens, indicamos três modelos:

Armani Exchange AX 3027

armani exchange ax 3027 oculos shopHugo Boss 0976

Hugo Boss 0976 óculos shop óculos de grauRay Ban 8724 Liteforce

Ray Ban 8724 óculos shop

Para mulheres, indicamos esses modelos charmosos, elegantes e únicos, como só elas podem ser.

Bulget BG 1564

HICKMANN HI 1062 óculos shop

 

Ray Ban RB 7106 L

Ray Ban RB 7106 L óculos shopSeja qual for o seu estilo, seja qual for sua opinião sobre dress code profissional, óculos de grau e óculos de sol é expertise da Óculos Shop que, todos os dias, trabalha para deixar você com a melhor imagem.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post anterior

oculos de grau feminino oculos shop

Óculos de grau e credibilidade: imagem diz mais que palavras?

29 de agosto de 2018

Próximo Post

lentes de óculos coloridas

Cor das lentes: dicas importantes antes de comprar seu óculos

26 de setembro de 2018