oculos de grau feminino oculos shop

Óculos de grau e credibilidade: imagem diz mais que palavras?

29 de agosto de 2018Alexandre de Marcos Ramos

Associada à intelectualidade, a imagem de alguém que usa óculos de grau é quase sempre estereotipada. Ou pelo menos assim foi. Até tempo atrás, o diagnóstico de miopia ou astigmatismo era encarado como um pesar estético, não físico.

Às mulheres, o pesar rondava à imagem pouco charmosa de senhoras taciturnas, com roupas escuras e cabelos em coque. Aos homens, o nerd, o “rato de biblioteca”, o nada atraente que jamais conseguiria namorar uma garota linda.

Os tempos, contudo, mudaram. E que bom! Quem precisa usar óculos de grau não é mais aquele ou aquela que fica no canto da festa. Com novos papéis na sociedade, o nerd é o novo cool; e ela, antes à sombra, agora brilha em papeis de liderança ou o que mais ela quiser.

oculos de grau masculino oculos shop

Para o mercado – no qual a Óculos Shop está inserida – é mais do que importante acompanhar as mudanças de comportamento do mundo. E para além da experiência de compra, viu? Em cenários cada vez mais competitivos, precisamos conhecer em minúcias os desejos e as necessidades de nossos clientes.

Você usa óculos de grau? Se sim, sente que está perdendo com isso? Ou é o contrário: adotou para si um acessório que lhe atribui mais charme?

Nosso trabalho é não só oferecer os melhores modelos de óculos de grau do mercado como ajudar a torná-lo parte de sua personalidade. Sem encanação. Sem afetação.

Este canal, por exemplo, existe para apresentar tendências da moda que podem ter a ver com você, além de funcionar como um canal de informação para alertá-lo de alguns perigos para sua saúde como o uso de óculos de grau pirata.

Lembra-se do que falamos no início do texto? Para a maioria das pessoas, o uso de óculos de grau é um problema estético, não físico. É onde mora o perigo… O que está em jogo é a sua saúde e não apenas sua aparência. Mas isso será assunto de outro artigo.

Porque diz tanto sobre imagem, você tem ideia de como funciona o processo de compra de um óculo de grau? Interessante é que pode vir a ser um dos processos mais demorados…

Em primeiro lugar vem o reconhecimento da necessidade de usar óculos de grau. Em segundo, a busca de informação sobre o diagnóstico e os tipos de óculos que podem ser escolhidos. Em terceiro, é feita uma pré-avaliação das alternativas. Por fim, a compra.

Como hoje quase não há mais os estigmas anteriormente recaídos sobre os que usam óculos de grau, há até pessoas que não precisam usá-los, mas ainda assim os adotam como parte do estilo. Neste caso, as lentes são sem grau.

Algumas dessas pessoas mantêm verdadeira relação de amor com seus óculos de grau possuindo dezenas deles. E, claro, elas levam em consideração muito mais do que o conforto.

E as marcas? Elas contribuem para a renovação da imagem de quem usa óculos de grau? Sem dúvida!

Quem usa óculos de grau por necessidade repara nas propagandas de marcas como Dolce & Gabbana, Ray Ban, Prada, Gucci, e sabem que são impactados pelo “lifestyle” vendido implicitamente por essas marcas. Pessoas poderosas, em posições de liderança, donas de seus destinos.

oculos de grau feminino oculos shop

Outro ponto interessante também é: quem usa óculos de grau pirata sabe do perigo e nem sempre confiam nas marcas que os fabricam – principalmente se o assunto é óculos de sol. O que acontece então? Valor? Outro assunto que vamos analisar em outro artigo.

Fica a pergunta para você que usa óculos de grau: além do aspecto estético, quais outros fatores você leva em consideração? Durabilidade? Conforto? Preço? O quanto você está disposto a pagar para gostar do que vê no espelho e preservar sua saúde?

Diferentemente do que foi no passado, óculos de grau hoje pode ser sinônimo de segurança e poder. Basta, claro, quem o usa determinar que assim seja.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post anterior

armações de óculos

Conhecendo os tipos de materiais de óculos e seus benefícios

27 de junho de 2018

Próximo Post

Dress Code Profissional: ainda é importante seguir?

5 de setembro de 2018